10/08/2017 - CFF iniciará capacitações do Cuidado Farmacêutico no SUS por Minas

O 14º Congresso de Farmácia e Bioquímica de Minas Gerais, um dos eventos mais importantes deste ano na área farmacêutica para a região sudeste, foi o momento escolhido pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF) para a solenidade de abertura das capacitações do curso "Cuidado Farmacêutico no SUS - Capacitação em Serviços”. A solenidade ocorrerá no dia 10 de agosto, às 14 horas, no auditório Topázio, do Centro de Convenções Israel Pinheiro da Silva - o Minascentro, com as presenças do presidente e do vice-presidente do CFF, Walter Jorge João e Valmir de Santi, este último, coordenador do curso.

O estado de Minas foi escolhido por ser sede de sete entre cerca de 70 municípios selecionados para participar desta primeira etapa do curso. Em Belo Horizonte, Contagem, Betim, Malacacheta, Ribeirão das Neves, Ibertioga e Barbacena serão capacitados 74 profissionais (Para ter acesso à solenidade, estes não precisarão estar inscritos no congresso).Ao todo, nos nove polos, serão contemplados 487 farmacêuticos (veja lista dos polos abaixo). 

Inédito na história do conselho, o curso prevê a implantação do cuidado farmacêutico em unidades básicas de saúde pública. “De forma ágil, estamos cumprindo o cronograma proposto para esta importante capacitação, que envolverá a estruturação de serviços e que, por isso, precisa ter a anuência dos gestores municipais, não bastando apenas a inscrição do farmacêutico”, explica Valmir de Santi.

Elaborado pelo Grupo de Trabalho sobre saúde pública/CFF, os cursos abrangerão três etapas. A carga horária total será de 80 horas, distribuídas em 5 módulos presenciais de 16 horas, a cada 15 dias. “A primeira será a de elaboração de indicadores e diagnóstico situacional por meio da assessoria do Grupo de Trabalho (GT) sobre Saúde Pública/CFF, com o objetivo de verificar a atual situação dos municípios contemplados”, explica Valmir de Santi. As outras etapas serão a formação presencial e a avaliação de resultados e tutoria do projeto.

Todos os polos de implantação dos cursos receberão apoio da equipe técnica do CFF na área da Legislação para que possam criar Portarias e outras Legislações que possam legalizar toda a ação dos colegas farmacêuticos no município para o exercício das práticas clínicas e de prescrição farmacêutica onde for o caso. Para o presidente do CFF, Dr. Walter Jorge João, o projeto resultará, de fato, em um impacto positivo na valorização do profissional pelo setor público, bem como na qualidade da assistência à saúde prestada ao usuário do SUS nos municípios contemplados.

As inscrições ao projeto Cuidado Farmacêutico no Sistema Único de Saúde (SUS) continuam abertas e os interessados devem formar grupos de 40 a 50 farmacêuticos pertencentes a um ou mais municípios para formalizar sua inscrição. São pré-requisitos obrigatórios, ter vínculo formal com a rede pública e apresentar comprovante de inscrição no curso “Prescrição Farmacêutica no Manejo de Problemas de Saúde Autolimitados”, do CFF. O curso estará disponível gratuitamente no endereço profar-cff.org.br, até 30 de agosto. Novas inscrições serão aceitas até 15 de agosto.

 

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas