13/03/2013 - Cebrim/CFF divulga Nota Técnica sobre metadoxina

O Conselho Federal de Farmácia (CFF), por meio do Centro Brasileiro de Informação sobre Medicamentos (Cebrim), divulga Nota Técnica (abaixo) sobre a metadoxina, fármaco comercializado com o nome Metadoxil, que vem sendo usado para “driblar” bafômetro. De acordo com a Nota, o uso indevido do medicamento pode provocar intoxicações, induzir o condutor alcoolizado a uma falsa confiança de que não vai ser flagrado e, ainda, aumentar o risco de acidentes e o número de mortes no trânsito.


Walter Jorge João, Presidente do CFF, lembra que o uso irracional de qualquer medicamento pode provocar intoxicações e outras consequências. “Não há provas de que o Metadoxil impeça a detecção do uso de álcool, pelo bafômetro. Usar o medicamento não protege o motorista que ingeriu bebida alcoólica da condição de infrator e pode provocar efeitos adversos, além de aumentar as possibilidades de acidentes automobilísticos”, comentou Walter Jorge João.


NOTA TÉCNICA

 

Fonte: Cebrim/CFF
Autor: Veruska Narikawa com informações do Centro Brasileiro de Informação sobre Medicamentos (Cebrim)

Fotos Relacionadas

Fotográfo: www.dprf.gov.br (curitibanoticias.xpg.uol.com.br )