Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Comissões do CFF e CRFs realizam encontro durante congresso da Sbrafh

Data: 16/11/2015

Uma das atividades paralelas ao X Congresso Brasileiro da Farmácia Hospitalar, encerrado no sábado, 14 de novembro, em Curitiba (PR), foi o I Encontro de Comissões Assessoras de Farmácia Hospitalar, de Oncologia e de Farmácia Clínica dos conselhos regionais de Farmácia (CRFs). O objetivo do encontro, realizado pela manhã, foi o compartilhamento de experiências e uma maior integração, com vistas à padronização das ações e à atuação mais efetiva dos conselhos pelas condições de trabalho dos profissionais e pela qualidade dos serviços farmacêuticos nestas áreas de atuação.

O tema predominante das discussões foi a assistência farmacêutica em Oncologia. Pelo seu alto grau de especificidade, os integrantes das comissões reivindicaram uma maior capacitação dos fiscais e a padronização da fiscalização. Foi sugerida a elaboração de um check list, o que, de acordo com os membros das comissões, permitirá que estas contribuam para melhorar as condições de trabalho dos farmacêuticos que atuam na área. “Outra reivindicação é seja elaborada pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF) uma resolução regulamentando a atuação na área, que passaria a ser exclusiva dos profissionais com título de especialista”, explicou o presidente do GT de Farmácia Hospitalar do CFF, Josué Schostack.

Ebserh – A convite do CFF, participou do encontro o farmacêutico do Hospital Universitário Walter Cantídio, de Fortaleza (CE), Egberto Feitosa. Ele representa um grupo de farmacêuticos da unidade e pediu apoio ao CFF e ao conselhos regionais de Farmácia para nacionalização de um movimento em defesa dos direitos e da valorização dos profissionais de hospitais vinculados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), entre estes, o próprio HUWC. O movimento reivindica a equiparação salarial e de carga horária dos farmacêuticos à dos enfermeiros, insalubridade e gratificação por titulação.

Egberto Feitosa explica que os farmacêuticos trabalham quatro horas a mais que os enfermeiros e ganham 400 reais a menos. Nenhum recebe gratificação por titulação e muitos não têm garantido o adicional de insalubridade, apesar de trabalhar em hospitais. “Estamos reivindicando jornada de 36 horas semanais e 5,4 mil reais de salário. Agradeço ao presidente do CFF, Walter Jorge João, pelo apoio e acredito que as comissões assessoras poderão contribuir para ampliar o alcance do nosso movimento a todas as unidades da federação.”

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700