Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

CFF lança mais uma publicação do ProFar

Data: 08/02/2017

A abertura da I Oficina sobre Assistência Farmacêutica no SUS: preparando novos rumos, que está sendo realizada pelo Ministério da Saúde, no Campus Darcy Ribeiro da Fundação Oswaldo Cruz, foi o momento escolhido pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF) para lançamento do terceiro livro da série de publicações do ProFar. Intitulado "Serviços farmacêuticos diretamente destinados ao paciente, à família e à comunidade - contextualização e arcabouço conceitual", o livro é a base do programa e traz a descrição dos serviços e procedimentos farmacêuticos que o CFF quer estimular a implantação no país (para ler, clique aqui).

O presidente do CFF agradeceu o convite e disse estar duplamente satisfeito, pelo lançamento do livro e porque o CFF está inaugurando mais uma etapa do seu processo de reaproximação com o Ministério da Saúde e o Departamento. Essa reaproximação começou em novembro, numa audiência com o ministro Ricardo Barros. Em seu discurso, Walter Jorge João externou o reconhecimento do CFF em relação aos avanços alcançados no acesso dos usuários do SUS aos medicamentos nos últimos anos. Mas, disse que a oficina, construída em parceria com o conselho, além de ser uma demonstração de abertura ao diálogo, representa a grande oportunidade para que o Ministério da Saúde, por meio do DAF, avance procurando assegurar, também, a provisão dos serviços farmacêuticos.

“Essa mudança garantirá ao Ministério da Saúde e ao DAF, uma nova face, uma nova maneira de planejar a assistência farmacêutica no país. O mundo moderno e a sociedade não aceitam mais desenvolvimento de programas e projetos que visem qualificar a assistência à saúde, especialmente, a assistência farmacêutica, sem aproveitar as potencialidades do farmacêutico, até agora tão subutilizado”, destacou.

O presidente do CFF agradeceu à farmacêutica Mirna Poliana Furtado, que, segundo ele, tem se revelando uma apaixonada pelo seu trabalho frente à Coordenação Geral do Componente Especializado, do DAF; e também a Renato Teixeira, o diretor do Departamento, pela parceria. “Aproveito para parabenizá-lo, Dr. Renato, pelas palavras de hoje. De fato, é uma alegria ver que o Ministério da Saúde não só percebe a enorme contribuição que o farmacêutico pode dar ao SUS, em qualidade da assistência e em economicidade, como se manifesta disposto a investir na efetivação do cuidado farmacêutico dentro do sistema.”

Mirna Poliana Furtado destacou que a oficina é fruto de um trabalho conjunto, de uma parceria técnica entre o DAF e o CFF, por meio de seu Grupo de Trabalho (GT) sobre Saúde Pública e da Assessoria da Presidência. Em seus agradecimentos, ela citou nominalmente os membros do GT e a assessora da presidência, Josélia Frade. Salientou que a oficina é o momento de refletir coletivamente sobre a Assistência Farmacêutica, buscando novos rumos. Segundo Mirna Poliana, do encontro resultará um diagnóstico situacional que será levado à 2ª oficina, já em planejamento para ser realizada no mês de maio, em Maceió (AL).

O diretor do DAF, Renato Teixeira, destacou que a assistência farmacêutica fragmentada e a falta de contato do farmacêutico com o usuário dos serviços de saúde têm colocado os pacientes em risco e aumentado o custo para o SUS. “O farmacêutico é o profissional preparado tecnicamente para lidar com a questão farmacológica, as interações medicamentosas e as reações adversas. Tratamentos não efetivos e problemas relacionados ao uso de medicamentos são onerosos para o sistema”, disse. Renato Teixeira informou que, com a economia gerada pelas medidas de gestão, o Ministério tem conseguido ampliar o acesso aos medicamentos e já disponibilizou 15 milhões de reais para a implantação de serviços voltados ao cuidado farmacêuticos, para o que, assinalou, a contribuição do CFF tem sido essencial.

Além de Walter da Silva Jorge João, do diretor do DAF, e de Mira Poliana Furtado, coordenadora da oficina, fizeram parte da mesa da abertura as seguintes autoridades: vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Vitor Manuel Mateus; assessor técnico do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems), Elton da Silva Chaves, presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS) e Federação Nacional dos Farmacêuticos (Fenafar), Ronald Ferreira dos Santos; coordenador geral de monitoramento do DAF, Eber Bernardes; e coordenador geral da Assistência Farmacêutica Básica, Antônio Raimundo Barbosa.

A oficina começou com a mesa redonda “Avanços e desafios da Política Nacional de Assistência Farmacêutica: onde estamos?”, coordenada pelo vice-presidente do CFF, Valmir de Santi. Participaram Mirna Poliana, Ronald Ferreira dos Santos, Elton da Silva Chaves e Jurandi Frutuoso da Silva, do Conass.

ProFar - Para cada um dos serviços elencados como prioritários, o CFF está apoiando o desenvolvimento de diferentes ações, como cursos de formação, construção de manuais e guias de prática clínica, materiais educativos, entre outros. O novo livro do ProFar faz parte destas iniciativas e foi elaborado por diversos autores e revisores, que realizaram extensiva revisão bibliográfica a respeito do tema proposto. A primeira versão foi colocada em consulta pública. A publicação contou com a parceria de entidades como OPAS/OMS e FFA.

Serviços e procedimentos incentivados pelo CFF

• Manejo de problemas de saúde autolimitados
• Acompanhamento farmacoterapêutico
• Conciliação de medicamentos
• Revisão da farmacoterapia
• Dispensação
• Rastreamento em saúde
• Educação em saúde
• Monitorização terapêutica de medicamentos
• Gestão da condição de saúde

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700