Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Fórum, em Minas, discute farmácia clínica no SUS

Data: 06/04/2017

Os serviços clínicos prestados pelos farmacêuticos na saúde pública são o centro dos debates que estão movimentando o “I Fórum de Farmácia Clínica no SUS”, realizado no auditório da Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC), em Teófilo Otoni (MG), nestas quinta e sexta-feira (06 e 07.04.17). O evento é uma promoção do Conselho Regional de Farmácia de Minas Gerais (CRF-MG), com o apoio do Conselho Federal de Farmácia (CFF) e de outras entidades da área da saúde. O presidente do CFF, Walter da Silva Jorge João, participa do evento. Na manhã desta quinta-feira, ele integrou uma mesa-redonda que leva o nome de “Desafios e perspectivas para a implantação dos serviços clínicos no SUS”.

Na abertura do evento, várias entidades assinaram a Carta de Teófilo Otoni, que tem por objetivo o fortalecimento da farmácia clínica e dos profissionais farmacêuticos no SUS.

O Fórum aborda temas relevantes e oportunos, neste momento em que os cuidados clínicos prestados pelos farmacêuticos na saúde pública crescem em qualidade e em aceitação social e por parte dos gestores públicos e privados. A primeira palestra do evento foi proferida pelo Conselheiro Federal de Farmácia por São Paulo, Marcelo Polacow Bisson, intitulada “Panorama da Farmácia Clínica no Brasil: da aplicação à prática”. Em seguida, uma mesa-redonda debateu os “Desafios e perspectivas para a implantação do serviço clínico no SUS, com a participação de Dr. Walter Jorge.

EXPANSÃO DA FARMÁCIA CLÍNICA – O presidente do CFF, Walter Jorge João, disse que os serviços clínicos prestados pelos farmacêuticos, nos setores público e privado, estão em fase de aprofundamento e rápida expansão. Dr. Walter Jorge argumentou que as novas necessidades em saúde, o crescimento do mercado e o novo conjunto normativo são alguns dos responsáveis pelo fortalecimento dos cuidados clínicos prestados pelos farmacêuticos.

“A grande demanda populacional associada à dimensão geográfica do país e a problemas de financiamento tornam a meta da qualidade e da universalidade da assistência à saúde um desafio imenso”, explicou Walter Jorge, durante a sua fala na mesa-redonda.

Walter Jorge ressaltou que os farmacêuticos representam uma grande força de trabalho formada por 200 mil profissionais capazes de alterar para melhor o panorama da saúde, no país. Relevou que o perfil desse contingente é de jovens, com motivação para abraçar os cuidados clínicos e com consciência de suas responsabilidades sociais.

Ao final do primeiro dia do Fórum, o presidente do CFF recebeu placa de moção honrosa das mãos do presidente da Câmara Municipal de Teófilo Otoni, vereador Fábio Lemes de Souza, e da vereadora Tina (Vicentina Alves). Emocionado, o presidente dividiu a homenagem com todos os colegas presentes, agradeceu ao presidente da Câmara Municipal, e registrou que o CFF tem trabalhado arduamente pelo reconhecimento e atuação do farmacêutico como provedor dos serviços clínicos, nos âmbitos público e privado.

PROGRAMAÇÃO - O primeiro dia do Fórum contou, ainda, com a palestra “Gestão da assistência farmacêutica no SUS como diferencial”, proferida pela farmacêutica Santusa Santana, diretora de medicamentos de alto risco da Superintendência de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Saúde de Minas. Outra palestra intitulada “Gestão da assistência farmacêutica no SUS sob a perspectiva do gestor”, foi apresentada pelo Secretário Municipal de Saúde de Teófilo Otoni, médico José Roberto Corrêa, e fechou as atividades do fórum, nesta quinta-feira.

“Inserção do farmacêutico no SUS” é a palestra que abrirá o segundo dia de programação do Fórum, tendo à frente o farmacêutico Francisco Batista Júnior, ex-presidente do Conselho Nacional de Saúde e representante do Conselho Federal de Farmácia no Fentas (Fórum das Entidades Nacionais dos Trabalhadores da Área da Saúde) e na Comissão Intersetorial de Recursos Humanos e Relações de Trabalho, do Conselho Nacional de Saúde (CIRH/CNS).

A programação do evento será complementada com mais três palestras. Uma delas leva o título de “Experiências exitosas no SUS”, proferida pelo farmacêutico clínico Albano do Valle Verona, da Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (MG), e Daniel Azevedo, coordenador do Centro Estadual de Atenção Especializada (CEAE) da macrorregião de Teófilo Otoni. A outra palestra, “Experiências exitosas no SUS”, terá à frente a farmacêutica Grazielli Oliveira, da Secretaria de Saúde do Município de Lagoa Santa (MG). A oficina “Estratégias para estruturação dos serviços clínicos no SUS” encerra as atividades do Fórum, que conta, ainda, com o apoio da Superintendência de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), do Sindicato dos Farmacêuticos de Minas Gerais e com o patrocínio da UNIPAC Teófilo Otoni e Buzattos.

 


Autor: Pelo jornalista Aloísio Brandão, assessor de imprensa do CFF.

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700