Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Presidente do CFF fala sobre vacinas em farmácias no Future Trends

Data: 01/09/2017

O Brasil precisa, a sociedade quer, os farmacêuticos podem, existe estrutura e recursos humanos para isso e o Conselho Federal de Farmácia (CFF) está trabalhando para que os farmacêuticos, dentro das farmácias, possam contribuir para a imunização da população brasileira. Foi o que afirmou e defendeu, fortemente, no dia 31 de agosto, o presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Walter da Silva Jorge João, durante sua palestra na sessão temática do Future Trends, congresso promovido pela Abrafarma, em São Paulo.

Palestrante da mesma sessão temática, o presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Jarbas Barbosa, deu uma boa notícia aos 200 mil farmacêuticos em atividade no Brasil: a regulamentação da Lei nº 13.021/14 por meio de uma norma de alcance nacional deve ser publicada até o final desse ano. “Esta norma está sendo aguardada com muita ansiedade e o CFF orgulha-se de seu protagonismo na contribuição com a proposta desta resolução”, comentou o presidente do conselho. Em sua fala, Jarbas Barbosa ainda defendeu a revogação da malfadada portaria conjunta da Anvisa/Funasa nº 01/2000, que retirou as vacinas das farmácias, entregando-a às clínicas privadas de imunização.

“O Dr. Jarbas Barbosa disse e nós concordamos com ele, que as mães de família, em sua grande maioria provedoras dos lares, precisam ir aos postos de saúde pelo menos dez vezes para garantir proteção aos seus filhos, no primeiro ano de vida deles. E, lamentavelmente, esses postos de saúde estão acessíveis apenas durante os dias úteis, em que elas estão trabalhando”, salientou Walter da Silva Jorge João, que apresentou números consistentes que comprovam a grande contribuição que as farmácias poderão prestar no aumento das coberturas vacinais. “Onde os serviços de vacinação em farmácias foram implantados, como nos Estados Unidos, as coberturas contra a gripe, por exemplo, aumentaram de 32,2% para 40,3% em dez anos”, citou.

Conforme os dados apresentados por Hubert Guarino, diretor geral Brasil da Sanofi Pasteur, outro palestrante, 141 milhões de brasileiros, a maioria adultos, não conseguem ter acesso a vacinas, o que representa 69% da população do país. O SUS assegura uma cobertura de somente 29%. “É bastante, mas não é suficiente. E nós, que temos vínculo com os serviços de imunização desde o século 19, em que o farmacêutico Rodolfo Teófilo atuou como pioneiro na vacinação contra a varíola, podemos e queremos ajudar a reverter esse quadro”, concluiu o presidente do CFF.

 

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700