Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Dia internacional da mulher: hiperglicemia é risco na gravidez

Data: 05/03/2018

Para marcar o Dia Internacional da Mulher, neste mês de março a Palavra do Especialista é dedicada às mulheres grávidas ou que pretendem engravidar. Conversamos com a farmacêutica Mônica Lenzi. Ela faz um alerta sobre o alto índice de hiperglicemia identificado durante o período de gestação: a cada seis mulheres uma é afetada pelo problema.

Especialista em educação sobre diabetes, Monica Lenzi explica que hiperglicemia é quando os níveis de glicose no sangue ficam alterados, acima do normal. Isso acontece porque os hormônios neste período aumentam a resistência insulínica, ou seja, a insulina produzida pelo pâncreas não desempenha o papel dela corretamente. Os prejuízos podem ocorrer tanto para mãe quanto para o bebê.“Essa glicose que ultrapassa a barreira placentária vai estimular o pâncreas do bebê a produzir mais insulina. Então, quando essas crianças nascem passam a fazer parte do grupo de risco de que podem desenvolver diabetes tipo 2 e essas mães afetadas pela hiperglicemia também podem desenvolver diabetes tipo 2 mais para a frente, podendo levar também a um pré-eclâmpsia e até eclâmpsia".

Segundo Mônica Lenzi, as crianças geradas por mães que passaram por episódio de hiperglicemia, como o pâncreas delas está hiperestimulado, devem ser monitoradas rigorosamente, pois correm o risco de ter hipoglicemia ao nascer. "E a hipoglicemia grave em crianças menores de seis anos pode levar a retardo mental e até ao óbito", alerta.

Precauções

O farmacêutico pode ser um grande aliado da mulher no controle do problema. A gestante deve manter uma alimentação balanceada ou até mesmo praticar atividades físicas, conforme orientação médica. É preciso ainda planejar e controlar os níveis de glicose durante a gestação. Para quem já é diabética, o cuidado deve ser ainda maior. “Se ela tiver um histórico familiar de pessoas que desenvolveram diabetes tipo 2 ela já faz parte de do grupo de risco. Então, essa resistência insulínica tem que ser bem monitorada durante a gestação para não afetar o bebê e nem a mãe.

Gestantes que são pré-diagnosticadas com hiperglicemia antes da gestação têm que fazer um planejamento antes da gravidez. De acordo com a especialista, essas mulheres diabéticas, tanto com o tipo 1 como com o tipo 2, precisam manter a glicose controlada seis meses antes da concepção e durante a gestação.

Mônica Lenzi conduz o maior canal de educação em diabetes em língua portuguesa do mundo. É também integrante do Grupo de Trabalho de Diabetes do Conselho Federal de Farmácia.

Mulher, sempre que precisar, consulte o farmacêutico!

Escute essa e outras entrevistas na Rádio News Farma.

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700