Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

CFF assina termo de cooperação para iniciar tratamento homeopático de dependentes químicos em Itajaí (SC)

Data: 18/05/2018

Uma iniciativa inédita no Brasil utilizará a Homeopatia para reduzir os efeitos da abstinência entre usuários de drogas como cocaína e crack. O estudo Cocacrack, desenvolvido pelo Grupo de Trabalho sobre Homeopatia do Conselho Federal de Farmácia (CFF) e entidades parceiras, avaliará a eficácia de medicamentos homeopáticos na diminuição do desejo de consumir essas drogas.

A cidade de Itajaí (SC) foi a escolhida pelo CFF para receber o piloto desse projeto. Inicialmente, o tratamento será disponibilizado em cinco unidades básicas de saúde do município, para tratar 120 dependentes químicos. A intenção é que haja entre os usuários uma diminuição do desejo de consumir substâncias como cocaína e crack. O fornecimento e o fracionamento dos medicamentos para as unidades de saúde participantes serão feitos em parceria com a Farmácia Escola da Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

O termo de cooperação foi assinado, na tarde desta quarta-feira (16/05), pelo secretário-geral do CFF, Erlandson Uchoa, o prefeito de Itajaí, Volnei Marastoni, a representante da Associação Brasileira de Farmacêuticos Homeopatas (ABFH), Márcia Borges e o reitor da Univali, Valdir Cechinel Filho. Também estiveram presentes na assinatura, o chefe da assessoria técnica do CFF, José Luís Maldonado, e a coordenadora do GT sobre Homeopatia do CFF e presidente do Conselho Regional de Farmácia de Santa Catarina (CRF-SC), Karen Denez.

Na ocasião, Erlandson afirmou que o tratamento previsto no estudo deve iniciar em agosto. Serão dois anos de pesquisa e o monitoramento será realizado pelo GT sobre Homeopatia do CFF e pela Univali. “O estudo contará com a participação de 29 farmacêuticos, quatro médicos homeopatas e demais agentes de saúde do município”.

A farmacêutica Noemia Liege Bernardo, membro do GT sobre Homeopatia do CFF e coordenadora local do projeto, explicou que o resultado que o estudo avaliará será a diminuição da fissura – ou desejo incondicional de usar a substância. “Cada tratamento tem uma duração de 12 semanas e nós estaremos acompanhando semanalmente estes usuários e vendo as respostas por meio de questionários apropriados para medir este tipo de desfecho”.

A cidade foi escolhida em função da estrutura de saúde que oferece aos usuários e por já ter em funcionamento na rede de saúde pública um centro de Práticas Integrativas e Complementares (PICs). “Neste centro, nós já temos médicos homeopatas para ajudar a coordenar este trabalho”, explicou o prefeito do município, Volnei Marastoni.

“A homeopatia é um recurso terapêutico que não provoca reações adversas e trata o indivíduo como um todo. Com esse tratamento o dependente tem a chance de se livrar do vício sem os efeitos da abstinência. É um projeto que oportuniza também uma resposta a um problema social que enfrentamos em Itajaí”, afirma o prefeito Volnei Morastoni.

O termo também foi assinado pelo secretário de saúde, Celso Dellagustina, que garantiu expandir o tratamento para toda a rede pública de saúde do município caso seja comprovada a eficácia. “Se nós tivermos resultados positivos, nós vamos capacitar todas as nossas equipes, principalmente os nossos médicos e também conscientizar a população e o usuario de que o tratamento com a Homeopatia dá certo”, afirmou o secretário de saúde.

Com a execução desse projeto, Itajaí será referência nacional neste tipo de tratamento. A política pública de combate às drogas com Homeopatia é uma iniciativa do Conselho Federal de Farmácia (CFF), em parceria com a Associação Brasileira de Farmacêuticos Homeopatas (ABFH), a Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e a prefeitura do município.

Fazem parte do GT sobre Homeopatia do CFF:

Amarilys de Toledo Cesar
Elaine Cristina Coelho Baptista
Javier Salvador Gamarra Junior
Karen Berenice Denez
Márcia de Cássia da Silva Borges
Noemia Liege Maria da Cunha Bernardo

Também participaram da elaboração do projeto:

Edson Zangiacomi Martinez
José Carlos Fernandes Galduróz
José Luís Miranda Maldonado
Ubiratan Cardinalli Adler

Fonte: Comunicação do CFF
Autor: Murilo Caldas

Fotos Relacionadas

Vídeos















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700