Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

"Sou farmacêutico"

Data: 19/08/2010

Brasília, 19.08.10 - Os farmacêuticos devem se identificar apenas como “farmacêuticos”, e não evocar as suas especializações, como se estas indicassem o nome da categoria profissional. As palavras são do Presidente do Conselho Federal de Farmácia, Jaldo de Souza Santos, e foram parte do discurso que ele proferiu, ontem 18.08.10) à noite, quando paraninfou a turma de formandos em Farmácia da Uniplan (Centro Universitário Planalto do Distrito Federal), em Brasília.

Souza Santos, ao se dirigir aos seus novos colegas farmacêuticos, reforçou o seu pedido, lembrando que bioquímico, toxicologista, sanitarista e outros são títulos que os profissionais conquistam, por meio dos seus esforços e desejo de conhecimento técnico-científico, realizando cursos de pós-graduação. “Mas títulos não podem nomear a categoria, que é apenas ‘farmacêutico’. Esta, sim, é a designação de nossa formação”. E acrescentou: “A Farmácia é indivisível”.

Ele pediu aos formandos que cantem o Hino Farmacêutico, com amor, tanto quanto cantam o Hino Nacional Brasileiro. “Cantar o Hino Farmacêutico é uma maneira de valorizarmos a nossa profissão”, observou.

Hoje à noite, Dr. Jaldo de Souza Santos será o paraninfo da turma de formando em Farmácia da Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia.

Pelo jornalista Aloísio Brandão, Assessor de Imprensa do CFF.

 

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700