Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Rastreamento de diabetes ultrapassa 19 mil atendimentos

Data: 17/12/2018

Mesmo antes de finalizar a coleta de dados, organizadores da Campanha Diabetes não tem Cara comemoram os resultados alcançados com a iniciativa. A ação teve por objetivo identificar casos suspeitos de diabetes em todo país, entre os dias 14 de novembro e 10 de dezembro.

Organizada pelo Conselho de Farmácia (CFF), com o apoio da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), a campanha superou a expectativa inicial de atendimentos, como explica o presidente do CFF, Walter da Silva Jorge João.

“Foi um sucesso. Essa é a sensação para definir a campanha Diabetes Não tem Cara. Até agora, sabemos que foram realizados mais de 19 mil testes em todo o País. E vejam que a meta para a nossa pesquisa era de 11.750 testes em pessoas com idades entre 20 a 79 anos sem diagnóstico prévio. Nessa oportunidade, eu preciso agradecer a todos os que, de forma voluntária, participaram dessa campanha.”

O pesquisador que coordenou o trabalho, Cassyano Correr, lembra que os dados coletados vão compor um relatório para contribuir para o estudo sobre a realidade brasileira. “Os farmacêuticos desempenharam um ótimo trabalho e a gente pôde ver isso pelos registros enviados. Os registros têm chegado super completos e com dados muito confiáveis. Vamos analisar o banco de dados, fazer algumas análises preliminares de limpeza desse banco, alguns procedimentos estatísticos normais pra poder divulgar os resultados na sequência e a conhecer as estimativas de pacientes com glicemia alterada e com risco de diabetes e todos os demais parâmetros acompanhados durante a campanha.”

A assessora da diretoria do CFF, Josélia Frade, está entre os pesquisadores envolvidos nesse trabalho. Ela explica que a parceria com mais de 1400 farmacêuticos, em todo o País, possibilitou esse resultado positivo. "Foi muito enriquecedora a oportunidade de participar do grupo responsável pelo planejamento e desenvolvimento dessa pesquisa. Conseguimos reunir farmacêuticos com experiência clínica e acadêmica, bem como estabelecer parceria com a (SBD). O engajamento dos voluntários e a qualidade dos atendimentos prestados durante a campanha, contribui para a consolidação do movimento clínico no Brasil. Gratidão a todos os que fizeram parte dessa corrente do bem".

Mônica Lenzi, que coordena o Grupo de Trabalho sobre Diabetes do CFF, enfatiza a importância do rastreamento. "Dada a grandiosidade do projeto, nosso grupo elegeu como padrão os glicosímetros que atendem os critérios da ISO 15197:2013. Estes critérios minimizam erros de resultado, de uso e interpretação".

A organização espera receber todos os dados até o dia 20 de dezembro. A expectativa é de que tenham sido registrados mais de 20 mil atendimentos. O resultado final da campanha será divulgado no início de janeiro.

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700