Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias do CFF

Farmacêutico utiliza Práticas Integrativas em gestantes como alternativa não medicamentosa

Data: 11/10/2019

O farmacêutico acupunturista e homeopata Felipe Souza trabalha no setor público e exerce atividades na Farmácia Clínica da Saúde da Mulher no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Há seis meses, iniciou, voluntariamente, um trabalho de auriculoacupuntura e acupuntura sistêmica no setor do Centro Obstétrico, atuando junto à equipe multiprofissional, como alternativa não medicamentosa e facilitadora do Parto Humanizado e Natural. "Nesse setor, faço o acompanhamento das gestantes de alto risco que estão em expectação, em trabalho de parto ativo e também dos casos de pré-eclampsia. Utilizo técnicas como: acupuntura, moxabustão, ventosas, auriculoacupuntura e aromaterapia para favorecer o parto vaginal", relata. 

Segundo ele, a acupuntura é uma excelente ferramenta que auxilia no controle dos processos dolorosos, advindos do próprio trabalho de parto, no controle de diabetes, nas alterações pulmonares e cardíacos, na ansiedade e na depressão. "É de suma importância, ressaltar que os tratamentos ocorrem de maneira conjunta com os tratamentos alopáticos, visando o bem estar, a saúde e a segurança das pacientes", afirma.

Em média, o profissional acompanha 30 pacientes por mês. Em agosto, excepcionalmente, devido ao Evento da Semana Mundial da Amamentação, ele realizou 65 atendimentos. "Recebo, diariamente, feedback positivos tanto das pacientes quanto da equipe médica e multiprofissional. Ambos, demonstram satisfação com o atendimento e os resultados atingidos através da acupuntura".

A paciente Rhaine Muniz, atendida por Felipe Souza, no início de agosto, para o parto da filha Aylla, relata que foi internada no Hospital das Clínicas, no final da sua gravidez devido sua pressão arterial que estava elevada. Passou três dias no Centro Obstétrico em observação. "Me lembro que a dilatação ficou em 3,0cm por muito tempo e não progredia, de repente, chega o Dr. Felipe e perguntou se eu queria fazer a acupuntura. Nisso, eu perguntei: o que é acupuntura? Ele me explicou e respondi que estava com medo. Ele disse que eu podia confiar e minha mãe, que é enfermeira, concordou. Com muito pouco tempo depois comecei a sentir as contrações. Quando o médico fez o toque eu já estava com dilatação de 7cm. Foi incrível!", explica.

Rhaine elogiou o trabalho do farmacêutico e disse que, se um dia engravidar novamente, aceitará fazer acupuntura. "A técnica ajudou muito no meu parto. Depois que saí do Centro Obstétrico, o Dr. Felipe foi nos visitar, eu e a minha princesa. É uma ótima pessoa e um grande profissional", enfatiza.

Antes de sua recente fase profissional, Felipe Souza teve uma experiência de quatro anos no Hospital Militar de Área do Recife (HMAR), no setor de Núcleo de Estudo e Terapias Integrativas, desenvolvendo diversas atividades ligadas as Práticas Integrativas em Saúde. Atendia, em média, 50 pacientes por dia. "Éramos uma equipe multiprofissional, formada por quatro pessoas", lembra.

Atualmente, concursado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), está inserido em uma equipe multiprofissional composta por médicos, enfermeiros, farmacêuticos, terapeutas ocupacionais, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos e assistentes sociais. Ele relata que, para a Medicina Chinesa, o estado de saúde advém do equilibro energético dos órgãos. "Dessa forma, como farmacêutico acupunturista utilizo a acupuntura e outras técnicas para proporcionar qualidade de vida e saúde às pacientes gestantes". 

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas

TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700