17/12/2021 - Plenário do CFF elege Diretoria para o biênio 2022/2023

 O Plenário do Conselho Federal de Farmácia (CFF) termina o ano renovado e com a eleição da Diretoria do conselho para o biênio 2022/2023. Na manhã desta sexta-feira, dia 17/12, foram eleitos diretores pela maioria absoluta dos votos os conselheiros federais de Farmácia, Walter Jorge João (PA), presidente; Lenira da Silva Costa (RN), vice-presidente, João Samuel de Morais Meira (PB), tesoureiro, e Luiz Gustavo de Freitas Pires, secretário-geral. Foram eleitos ainda os membros da Comissão de Tomada de Contas, para o biênio 2022/2023 (veja relação abaixo).

Com a permanência da maioria da Diretoria – o único novo membro é o secretário-geral Luiz Gustavo de Freitas Pires – se mantém as diretrizes de condução do CFF nos últimos anos. “O que tenho a dizer a vocês para os próximos dois anos é que manteremos a mesma disposição de luta pelas causas da profissão, a exemplo do que temos feito diante de todos os desafios que temos enfrentado, e que são muitos”, disse o presidente reeleito, Walter da Silva Jorge João.

 



A nova diretoria do Conselho Federal de Farmácia



Em seu discurso, Walter da Silva Jorge João, destacou que a sua história de luta pela Farmácia, mas fez questão de frisar que as conquistas da profissão nos últimos anos não são obra de uma única pessoa, do presidente do conselho. São conquistas de um grupo consolidado, que encontra grande apoio dos colaboradores do conselho. “Tenho de agradecer muito a Deus por ter colocado na minha trajetória todas essas pessoas”, comentou ele, lembrando dos grandes embates que será necessário enfrentar nos dois próximos anos. “São muitos projetos de lei e muitas ações, no Congresso Nacional, na Justiça, todas remando contra a profissão. Temos de ter cuidado e vigilância.

O resultado, de 26 votos favoráveis e um único voto nulo, para o presidente eleito, amplia a já enorme responsabilidade no exercício dos cargos, responsabilidade essa que, ele ressaltou, precisa ser dividida com cada um dos 27 integrantes do Plenário do CFF. Será essencial para ampliarmos conquistas dos últimos anos, marcados por, entre outros avanços, a consolidação do serviço de vacinas em farmácias, a aprovação das novas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Farmácia (DCNs), a aprovação dos códigos da CNAE para o consultório e os serviços farmacêuticos, a posição contundente contra o ensino a distância na graduação (EaD) e a capacitação de milhares de farmacêuticos por meio dos Cursos Cuidado Farmacêutico, Prescrever, Serviços de Vacinação por Farmacêuticos e Testes Rápidos.

A luta em defesa da profissão será árdua e para o início do ano, está prevista a convocação de reunião do Fórum Nacional de Luta pela Valorização da Profissão Farmacêutica, entidade que fez história ao coordenar o movimento que resultou na aprovação da Lei nº 13.021/14, responsável por reclassificar as farmácias como estabelecimentos de saúde. “Temos como prioridade, os projetos de lei que instituem o piso salarial nacional para o farmacêutico, pois o CFF está em campanha permanente pelos direitos do farmacêutico a uma remuneração justa, jornada e condições adequadas de trabalho e respeito à sua autoridade técnica”, comentou o presidente.

A vice-presidente Lenira da Silva Costa, reeleita pelo Rio Grande do Norte, disse estar feliz com a recondução ao cargo de vice-presidente. “Esperamos poder continuar contribuindo para o crescimento da profissão. Para nós é uma honra representar a categoria frente ao conselho.” O diretor-tesoureiro João Samuel Meira agradeceu aos conselheiros federais que o elegeram pela confiança em seu trabalho e aproveitou para desejar um feliz natal a todos. “Um grande abraço, um ano novo de sucesso e muita disposição para avançarmos ainda mais na profissão”.

Conselheiros Federais

Na mesma plenária, antes da eleição, foram diplomados os conselheiros federais de Farmácia efetivos e suplentes eleitos para os quadriênios 2022/2025 e 2023/2026 (veja lista abaixo). Aos conselheiros federais de Farmácia Romeu Neto (AC), Marcelo Rosa (MA), Forland Oliveira (DF) e Erlandson Uchôa, que encerraram seus mandatos, foram entregues certificados por relevantes serviços prestados à profissão farmacêutica.

Tomada de Contas

Para a Comissão de Tomada de Contas foram eleitos:

Titulares
Monica Meira (AL)
José Ricardo Amadio (MT)
Adonis Motta Cavalcante (RR)

Suplentes
Gedayas Medeiros Pedro (ES)
Maria de Fátima Aragão (SE)
Jardel Teixeira Moura (RO)


Conselheiros federais Efetivos e Suplentes

Mandato 2022/2025

Acre



Titular: Isabela de Oliveira Sobrinho
Suplente: Clayton Alves Pena

 

Amapá



Titular: Carlos André Oeiras Sena
Suplente: Márlisson Octávio Rêgo

 

Bahia



Titular: Altamiro José dos Santos
Suplente: Edimar Caetité Júnior

 

Distrito Federal



Titular: Gilcilene Maria dos Santos Al Chaer
Suplente: Forland Oliveira Silva

 

Maranhão


 

Titular: Gizelli Santos Lourenço Coutinho
Suplente: Milca Vasconcelos Silva

 

Mato Grosso do Sul



Titular: Márcia Regina Cardeal G. Saldanha
Suplente: Fabiana Vicente De Paula

 

Roraima



Titular: Adonis Motta Cavalcante
Suplente: Erlandson Uchôa Lacerda

 

 

Mandato 2023/2026

 

Amazonas



Titular: Jardel Araújo Da Silva
Suplente: Mie Muroya Guimarães

 

Goias



Titular: Ernestina Rocha de Sousa E Silva
Suplente: Poatã Souza Branco Casonato

 

Mato Grosso



Titular: José Ricardo Arnaut Amadio
Suplente: Wagner Martins Coelho

 

Paraná



Titular: Luiz Gustavo de Freitas Pires
Suplente: Mayara Cristiana Celestino de Oliveira

 

Sergipe



Titular: Maria de Fátima Cardoso Aragão
Suplente: Marcos Cardoso Rios

 

Tocantins



Titular: Marttha de Aguiar Franco Ramos
Suplente: Anette Kelsei Partata

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas