Menu Principal

fecha o menu
Experiências exitosas de farmacêuticos no SUS

Notícias Gerais

No Dia do Perito Criminal, farmacêutica é homenageada

Data: 04/12/2020

Nesta sexta, 04/12, Dia Nacional do Perito Criminal, a Diretoria Técnico Científica (DITEC) da Polícia Federal, promoveu uma solenidade em homenagem aos profissionais, no Auditório do Instituto Nacional de Criminalística, em Brasília (DF). Conforme diretrizes da Direção Geral da PF (DG) para a valorização do efetivo, foram premiados os finalistas do Programa Cadastro Positivo da Diretoria Técnico-Científica. A farmacêutica Viviane Maria Rizelio, de Curitiba (PR), ficou em primeiro lugar na categoria “Produção de Laudos Por Área do Conhecimento - Química Forense”. O evento tem o propósito de enaltecer dos peritos e destacar trabalhos desenvolvidos.

A homenageada explicou sobre seu trabalho. “Atuo principalmente em laboratório de química forense, realizando exames de identificação de substâncias, por exemplo: drogas, medicamentos, agrotóxicos, solventes, combustíveis, produtos químicos e outros. A rotina consiste em receber um pedido de exame, acompanhado do material, proceder aos exames e elaborar um laudo descrevendo o material, exames e resultados, respondendo os quesitos formulados pelo solicitante.” A profissão de perito criminal consiste em carreira no serviço público nos Institutos de Criminalística e Polícias Científicas brasileiras em âmbito estadual e federal. A data alusiva foi instituída por meio da Lei Federal nº 1. 654/2008.

O conselheiro federal de Farmácia pelo Paraná, Gustavo Pires, considera ser muito importante o trabalho do farmacêutico em perícias criminais. “Merecidamente os peritos são homenageados anualmente. É com imenso orgulho que vejo nossa amiga, Viviane Rizelio, perita criminal federal, receber essa homenagem pela sua competência profissional”, afirma.

“Parabenizo à colega pelo seu trabalho e merecido reconhecimento e aproveito essa oportunidade para agradecer o empenho e a dedicação de todos os que atuam nessa área tão importante, em especial, aos farmacêuticos peritos criminais, como o nosso diretor secretário-geral, Erlandson Uchôa. Peritos criminais têm um papel fundamental na elucidação de casos e no apoio às ações de segurança pública, para que a justiça se faça todos os dias”, acrescentou o presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Walter Jorge João.

Farmacêutica desde 2009, Viviane relata que está como perita criminal há seis anos e conta que atualmente atua em Curitiba, mas no início da carreira ficou lotada em uma unidade localizada em Dourados/MS. “O mais difícil foi o período de adaptação, e a grande carga de trabalho por conta de ser uma unidade próxima à fronteira, que faz parte de uma das principais rotas de tráfico e contrabando do Paraguai para o Brasil. Nas cidades menores, o perito acaba atuando também em exames periciais de outras áreas que não a sua. Na minha rotina estavam exames como identificação veicular, merceologia, documentoscopia, balística, local de crime, entre outros. E como somos todos policiais, às vezes também era preciso atuar em operações e diligências. 

O Programa Cadastro Positivo da Diretoria Técnico-Científica tem como objetivo principal exercer a gestão do conhecimento com relação à trajetória, experiência, habilidades e dedicação de cada servidor da Polícia Federal lotado nas unidades de perícia criminal federal, reconhecendo suas contribuições com base no histórico de desempenho e realizações profissionais. Em um projeto piloto realizado este ano, foram analisados alguns parâmetros sobre os quais foi possível classificar colegas para serem homenageados.

Fonte: Comunicação do CFF

Fotos Relacionadas







TV CFF















Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter para receber notícias direto no seu e-mail



Copyright © 2008 Conselho Federal de Farmácia - CFF. Todos os direitos reservados.

SHIS QI 15 Lote L - Lago Sul / Brasília - DF - Brasil - CEP: 71635-615

Localização

Fone: (61) 3878-8700